5 dicas para não se endividar com o cartão e nem cair em golpes

Escrito por  José Carlos Sanchez Júnior  |  Dicas  |05/03/2022



ANÚNCIOS




ANÚNCIOS


Priorizar as compras online com o cartão virtual, assim como ter o valor da fatura aplicado em um CDB são algumas decisões que nos ajudam a não se endividar com o cartão e nem cair em golpes na internet.

Cartão de crédito

cuidados com o cartão

O cartão de crédito é um instrumento financeiro que facilita bastante a nossa vida quando bem utilizado. Entretanto, se não soubermos usá-lo corretamente, o aliado pode se transformar em um vilão.

Isso pode acontecer, seja por meio do nosso descontrole e endividamento ou até mesmo por cairmos em golpes que são tão comuns na internet. Sendo assim, toda atenção precisa ser redobrada no uso do cartão.



ANÚNCIOS




ANÚNCIOS


Afinal, quando usado com sabedoria o cartão de crédito pode fazer uma grande diferença nas nossas vidas, ajudando a realizar sonhos ou nos tirando de apuros. E para ajudar você, separamos abaixo 5 dicas para fazer bom uso do cartão. Dá só uma conferida.

1 – Tenha o valor da fatura aplicado

Uma das melhores dicas para você usar o seu cartão de crédito corretamente é ter o valor da fatura do cartão aplicado. Por exemplo, se você tem R$ 2 mil aplicado, gaste somente R$ 2 mil no cartão de crédito.



ANÚNCIOS


Mesmo que você não vá usar esse dinheiro para pagar a fatura, essa é uma segurança. Pois, caso aconteça de você perder renda, ou ficar desempregado, não acabará devendo para o banco.



ANÚNCIOS


Além disso, o seu dinheiro fica rendendo juros, enquanto você faz as compras com o cartão. Por isso, essa é uma maneira de comprar até melhor do que compras à vista, pois dificilmente haverá diferença de preço.

2 – Priorize as compras parceladas com o cartão

Uma outra dica não menos importante é que você dê prioridade para as compras parceladas com o cartão. Por exemplo, se você tem R$ 5 mil de limite, não compre tudo no crédito à vista. Fica mais difícil o pagamento.



ANÚNCIOS


Nesse caso, use o limite do seu cartão para fazer compras parceladas. Se você comprar um item no valor de R$ 5 mil parcelado em 10 vezes, você terá que pagar somente R$ 500 na fatura do seu cartão.

Além disso, ele passa a ser um importante aliado nas conquistas maiores. Seja para comprar um novo eletrodoméstico, pagar uma oficina mecânica, ou até mesmo para realizar a viagem dos seus sonhos.



ANÚNCIOS


3 – Faça compras online somente com o cartão virtual

Uma dica relacionada a sua segurança é fazer compras na internet somente com o cartão virtual. Por quê? Porque o código de segurança (CVV) dele expira. Isso quer dizer que mesmo que seja clonado, o criminoso não conseguirá gastar com ele.



ANÚNCIOS


Já se você fizer compra com o seu cartão físico em um ambiente virtual e ele for clonado, você correrá o risco de perder dinheiro até conseguir fazer o cancelamento do cartão. Então, sempre priorize as compras com o cartão virtual.

4 – Jamais pague o mínimo do cartão

Uma outra dica importante para não se endividar é jamais pagar o mínimo do cartão. Afinal, o rotativo do cartão de crédito possui um dos maiores juros do mercado. Se você ver que não conseguirá pagar a fatura, é melhor tomar um empréstimo pessoal ou consignado.

Até porque, nesse caso você vai ganhar mais prazo de pagamento e não ficará enrolado com a fatura do cartão. Portanto, evite a todo custo pagar o mínimo. Isso poderá inclusive negativar o seu nome.



ANÚNCIOS



ANÚNCIOS



5 – Não forneça os dados pessoais do cartão para estranhos

É comum que em uma compra online você tenha que inserir os dados do seu cartão. E por isso falamos da importância de usar o cartão virtual. Mas em uma compra física, você não precisa fornecer os dados pessoais do seu cartão.

Então, se alguém pedir o CVV e o número completo do seu cartão de crédito para finalizar uma compra, não forneça. Pois a pessoa conseguirá realizar uma compra online com esses dados. São pequenas atitudes que evitam uma grande dor de cabeça.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.

>